A GOL Linhas Aéreas anunciou nesta quarta-feira (1º) uma classe tarifária mais barata para quem não despachar bagagens. Segundo a companhia aérea, em breve os clientes poderão optar por contratar ou não franquia para despacho de malas. Quem não usar o serviço, não precisará pagar por ele. Porém, será mantida a opção daqueles que preferirem continuar a ter esse benefício.

“Quando a medida que permite a franquia de bagagens entrar em vigor, ela intensificará a concorrência entre as companhias aéreas brasileiras, beneficiando os consumidores. A exemplo do que aconteceu após a liberdade tarifária das passagens aéreas, em 2001, permitindo a queda no preço das tarifas e, consequentemente, a democratização do setor aéreo no país”, explicou Paulo Kakinoff, presidente da GOL. “Portanto, o cliente que não quer ou não precisa despachar suas malas, não pagará mais por esse serviço, como acontece hoje”, ressalta.

Conforme a empresa, será um modelo muito simples e os clientes não terão dificuldades para identificar as tarifas mais baratas sem o despacho de bagagens. Aqueles que escolherem essas tarifas terão ainda a opção de adquirir a franquia, que será calculada por volume despachado. Os valores da unidade, que ainda serão definidos, irão crescer de acordo com a quantidade de malas. A primeira será mais barata que a segunda, que será mais barata do que a terceira e assim por diante.

Esse serviço poderá ser adquirido em todos os canais de atendimento da GOL (app, site, totem, central de atendimento, balcão), sendo que haverá preços especiais para aquisição prévia (antes do check-in) e no autoatendimento. Clientes Smiles terão condições diferenciadas, assim como aqueles que optarem por outras classes de tarifas que já incluirão a bagagem. Nos voos internacionais, os clientes GOL Premium também terão vantagens.

Nesse momento, a companhia trabalha para adequar seus processos e sistemas a essa classe tarifária e treinar suas equipes para garantir o melhor atendimento em todos os pontos de contato com o cliente. A data da implementação e mais detalhes do novo modelo serão anunciados pela companhia em breve.

A GOL Linhas Aéreas ressaltou que, quando a resolução da ANAC entrar em vigor, no dia 14/03, o peso limite da bagagem de mão passará de 5 para 10 quilos – mais um benefício e comodidade que será oferecido aos clientes da GOL.

*Com informações da assessoria de imprensa