Autointitulado “o maior imitador do país”, Filipe Pontes é o primeiro reforço da temporada do Pânico na Band, que passa pela maior reformulação de elenco de sua história. Ex-Zorra Total, com passagens pelo Domingão do Faustão e Altas Horas, Pontes estava no Legendários, da Record, onde imitava Sabrina Sato, ironicamente ex-musa do Pânico.

Filipe Pontes assinou contrato nesta quarta-feira (21) e já estreia na edição do próximo domingo do Pânico na Band _com imitações, obviamente. Embora não tenha Silvio Santos em seu portfólio, ele pode ocupar um espaço deixado por Wellington Muniz, o Ceará, que saiu do humorístico no final de 2014.

Reformulação
Entre suas imitações, além da “Sabrina Salto” do Legendários, estão “Marília Mortadela”, Fábio Assunção, Murilo Benício, Selton Mello, Luciano Huck e Mateus Solano (como Félix de Amor à Vida). No extinto Zorra Total, “interpretou” Tony Ramos (como Opash de Caminho das Índias) e Vera Holtz (como Dona Redonda de Saramandaia). Para o Vídeo Show, fez em 2014 uma imitação de Téo Pereira, personagem de Paulo Betti em Império.

O Pânico na Band está passando por uma grande reformulação. Neste ano, pelo menos oito profissionais de seu elenco serão ser dispensados quando seus contratos vencerem. Na lista de dispensas estão Fábio Rabin, Lucas Salles, Amanda Ramalho, Mari Gonzalez (a Baianinha), Fernanda Lacerda (a Mendigata), Aline Riscado, Diego Becker, Marcelo Picon e até Evandro Santo. Alguns deles, como Salles e Aline Riscado, já deixaram o programa.

As mudanças começaram em dezembro, quando o diretor Alan Rapp anunciou que estava deixando o comando da atração. Ele foi substituído por Marcelo Nascimento, ex-Superpop.

NTV Notícias / Humaitá Notícias